Importar carros de forma independente

 

Todo mundo sabe que os carros vendidos em território nacional tem preços no mínimo abusivos, e mesmo se viermos com a velha desculpa dos impostos e o custo Brasil não encontraremos uma conta que justifique os preços praticados aqui. Para vocês terem uma noção um Camaro nos Estados Unidos tem preços a partir de 23.345 Dólares enquanto aqui no Brasil o preço inicial está na casa de 200.000 Reais uma diferença e tanto. Nosso post de hoje visa mostrar a você leitor como importar carros de forma independente e economizar cerca de 30% a 40% em relação a uma compra de carro importado em lojas convencionais.

Por observação podemos notar que quanto mais caro o carro aqui no Brasil mais vantajosa é a sua importação independente, importar um Fiesta pode não ser tão vantajoso quanto importar um Camaro ou uma Range Rover. Então se você pretende usar esse modo de compra pense em modelos mais caros, pois esses modelos nos Estados Unidos são caros, mas muito mais baratos que  os mesmos modelos no Brasil, basta verificar o preço do Camaro.

Agora nem tudo são flores, e este tipo de importação não é tão simples como comprar algo no Amazon, e esperar a encomenda chegar em casa.Se você quiser realmente fazer este tipo de importação por conta própria, deverá estar  atento aos procedimentos necessários para realizar a compra. Conseguir (vários) documentos obrigatórios e ter paciência para aguardar o processo que pode chegar a algo em torno de seis meses, ou simplesmente contratar uma empresa especializada neste tipo de importação e ter tudo resolvido de forma simples pagando uma taxa que varia de 4 a 10 % do valor da operação. Eu recomendo esta última forma, usando uma empresa especializada em importações independentes você terá uma chance muito menor de cometer um erro em uma operação tão complexa. 

Detalhes importantes

1-A importação de veículos só é permitida para carros zero ou com mais de 30 anos de uso(colecionadores).

2-Para ter direito as vantagens fiscais a compra deve ser feita em seu nome.

3 – Geralmente o custo final deste tipo de importação fica em duas vezes e meia o valor do automóvel nos Estados Unidos.

4-Pode ser comprado qualquer modelo de qualquer país. Existem restrições apenas para carros a diesel sem traçãor 4×4 com reduzida ou com capacidade de carga acima de uma tonelada, os carros a diesel quem não atenderem esses requisitos não poderão ser importados nesta modalidade.

5-Não são mais necessários ajustes do tipo “tropicalização” como são conhecidas as adaptações para o carro rodar no Brasil,o sistema de injeção dos carros atuais já identifica o tipo de combustível e se ajusta  à gasolina brasileira sem maiores problemas.

Existem vários impostos a serem cobrados. Entre eles: Imposto de Importação (35%), Imposto sobre Produto Industrializado (55%), PIS, COFINS e ICMS que varia de estado para estado.

Caso você esteja disposto a fazer os procedimentos você  mesmo siga o guia básico abaixo, se quiser um processo mastigado no qual você contrata uma empresa para fazer os procedimentos para você, continue lendo que mais a frente falaremos a respeito.

 Isenção IPI na importação direta de veículos:

 Já existe jurisprudência formada a respeito da não cobrança de IPI na importação direta de veículos por pessoas físicas. Abaixo mostramos a forma de conseguir tal benefício:

1- Antes do registro da Declaração de Importação (DI), quando pode ser ajuizada medida judicial preventiva com pedido liminar para desembaraçar o bem importado sem o pagamento do IPI.
2- Após o registro da Declaração de Importação (DI) e consequente recolhimento dos tributos. Neste caso, pode ser ajuizada ação ordinária, no prazo máximo de 5 anos do registro da declaração de Importação (DI) e recolhimento. Segundo a jurisprudência atual não é necessário que a pessoa ainda esteja com o bem, bastando demonstrar que importou e pagou os impostos que estão sendo pleiteados de volta. A prova do recolhimento é a DI registrada com o extrato onde consta o valor recolhido. 

Guia prático importação direta de veículos:

 1- O primeiro passo é pesquisar o veículo no exterior.

2- Acerte com a loja as condições da exportação e feche o câmbio por meio do BC. Não utilize cartão de crédito ou outros meios.

3- Depois de realizar o pagamento, vá até uma agência da Receita Federal para fazer o credenciamento no sistema (Radar) como importador do tipo pessoa física.

4- Se você deseja comprar modelos com mais de trinta anos, você precisa ser associado a um clube de carros antigos. Depois de credenciado, é necessário solicitar uma licença de importação através do Sistema de Comércio Exterior (SISCOMEX).

5- Para conseguir a licença de importação é necessário solicitar antes a dispensa do certificado do IBAMA (LCVM). Esta dispensa pode ser conseguida no site do IBAMA, sendo necessário fazer um cadastro e pagar uma taxa.

6- Quando o veículo chegar ao porto, o importador deve pagar as taxas portuárias e registrar a declaração de importação através do SISCOMEX.

7- Aguarde a liberação da Receita Federal, eles poderão solicitar uma vistoria fiscal ou documental antes de liberar o automóvel.

8- Outra taxa a ser paga é a armazenagem do automóvel neste período.

9- Faça o cadastro no Ministério das Cidades (CAT) e solicite a inclusão do veículo a um código  de RENAVAN (Registro Nacional de Veículo Automotor).

10- Realize o emplacamento do veículo.

 Empresas que fazem a importação independente para você

Se você não está disposto a fazer todos esses procedimentos sozinho, e eu recomendo que não faça, existe a possibilidade de contratar uma empresa de importação especializada na importação independente de carros. Essa empresa fará todo o processo para você, sua única preocupação será fazer os pagamentos, este tipo de empresa cobra entre 4 e 10% do valor da operação, entre as mais citadas temos as empresas abaixo:

www.eurekaimports.com.br

www.carrosimportados.blog.br

OBS: Este site não tem qualquer ligação com essas empresas acima e recomendamos que nossos leitores façam uma larga pesquisa antes de decidir qual empresa utilizar, não estamos aqui recomendando nem deixando de recomendar as empresas acima, apenas estamos informando a nossos leitores que elas são as mais citadas no mercado.

 Video mostrando como os carros brasileiros são caros

Vídeo mostrando como somos enganados pelas montadoras

Dúvidas freqüentes

 O veículo importado possui garantia no Brasil?

 O veículo importado de forma independente  não terá garantia na maioria dos casos , entretanto algumas marcas estendem a garantia para o Brasil.

 Quem pode importar? 

Pessoa física ou jurídica, no caso de pessoa física somente poderá importar em quantidade que não configure prática de comércio e habitualidade.Para pessoas físicas é possível conseguir isenção do IPI por medida judicial.

 É permitida a importação de veículos usados?

 De modo geral não é autorizada a importação de usados pelo Decex. No entanto, é permitida a importação de carros antigos (mais de 30 anos), para fins culturais e de coleção.

 Como faço para importar carros antigos?

 A Pessoa Física deve ter renda compatível com a compra comprovada no Imposto de Renda (IR).

Os veículos devem possuir mais de 30 anos de fabricação, estar em boas condições, tanto de originalidade, como de conservação e destinados para fins culturais e de coleção, conforme Portaria nº 370 do Ministério da Indústria, do Comércio e do Turismo, de 28/11/1994, Art. 4º, item “i”, publicada no Diário Oficial de 29/11/94. Assim como a PORTARIA MDIC Nº 235 (de 07 de dezembro de 2006), Art. 25, item “H”

A importação é sujeita a Licenciamento, a ser analisada pelo DECEX (Departamento de Comércio Exterior do MICT). Isto significa que devemos obter a Licença antes de importar o veículo. O DECEX é quem irá arbitrar o valor da mercadoria (FOB) com base em 05 fotos para constatar o estado do mesmo. 

Abaixo tabela mostrando a economia na importação independente com a isenção do IPI em alguns modelos.

 

ModeloPreço com IPI (R$)Preço sem IPI (R$)Preço de mercado sugerido (R$)
Ferrari 458 Spider 20121.607.0001.248.1271.900.000
McLaren MP4-12C 20121.570.0001.152.0002.200.000
Lexus LS460L 2012443.965271.250615.000

 

Conheça os modelos mais procurados

Importar carros de forma independente

Ford Mustang GT Premium

Ford Mustang GT Premium

 

Chevrolet-Camaro

Chevrolet-Camaro

 Chevrolet Camaro V6

 

Nissan-370Z

Nissan-370Z

Nissan 370z

Porsche-Cayenne

Porsche-Cayenne

Porsche Cayenne

 

Infiniti-FX35

Infiniti-FX35

Infiniti FX35 

Conclusões

 Muitas vezes ficamos com receio de inovar e aproveitar grandes descontos, eu não tenho medo de inovar e já decidi que daqui a dois anos quando for trocar meu carro atual, escolherei a importação independente e comprarei um modelo top, provavelmente um Mustang.É verdade que é preciso ter uma certa condição financeira para se usar esse tipo de compra, mas se você pretende comprar um carro na faixa dos 100 mil Reais, você pode pensar em gastar um pouco mais e comprar um carro realmente Top e exclusivo.

Existem também as questões da falta de garantia, mas se você fizer uma análise fria, com a economia gerada na compra você pode bancar a manutenção que eventualmente ocorra em seu carro importado, e hoje em dia os carros não quebram como antigamente, eu nos meus últimos carros comprados nunca tive qualquer problema com manutenção, e eu geralmente fico com meus carros por 3 anos.

OBS: Algumas marcas estendem suas garantias para o Brasil

 É possível também concluir que a grande vantagem que temos na importação independente, está na decisão da justiça de não cobrar o IPI de pessoas físicas que comprem para uso próprio.  Fato este que gera enorme economia em importação de veículos por pessoas físicas.Neste caso é preciso solicitar a isenção na justiça por meio de advogados, mas a maioria das empresas desta área fornece esse suporte jurídico.

 Então se você realmente deseja um importado com um preço aceitável essa pode ser uma grande opção para sua próxima compra. Por hoje é só e se gostou de nosso artigo curta no Face.

 

 

compranoexterior.com.br

Fontes

http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/87869_DESCONTOS+ACELERADOS

http://www.directimports.com.br/

http://carsale.uol.com.br/editorial/dicas-e-servicos/9625-saiba-como-funciona-a-importacao-independente

http://economia.terra.com.br/carros-motos/importar-carro-por-conta-propria-pode-ser-30-mais-barato,168d6037a18da310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html

http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/carros/noticias/carro-importado-pode-custar-ate-40-mais-barato